Dicas para a primeira vez que você usa uma lareira

Dicas para a primeira vez que você usa uma lareira

No post de hoje da HotFireDoor, damos alguns bons conselhos para a primeira vez que se usa uma lareira. Tome nota e certamente poupará muitos erros e problemas que podem causar algum inconveniente.

O primeiro conselho para a primeira vez que se usa uma lareira: ter um bom fluxo de ar

Para que o fogo seja ótimo, você precisará que o fluxo de ar da lareira seja adequado. Se este fator falhar, não só o fogo não queimará corretamente, mas a fumaça retornará e entrará no interior da casa.

primeira vez usando uma lareira,primeira vez,Dicas para a primeira vez que você usa uma lareira

Às vezes, o fluxo de ar é inadequado porque a lareira não é alta o suficiente. A solução será aumentar a altura da saída de fumaça. Em outros casos, como quando se acende uma lareira que não é usada há muito tempo, é necessário aquecê-la um pouco antes para que não haja retorno de fumaça. Um dos truques para acender a lareira e aquecê-la um pouco antes é usar papel ou uma pastilha de acendimento. No primeiro caso, quando vermos que o papel sai pela saída de fumaça, significa que está pronta.

Como regra geral, isso não acontece se usarmos a lareira regularmente. Se virmos que o problema persiste, devemos entrar em contato com um limpador de chaminés por se houver algum problema.

Segunda dica: começando a acender

Certifique-se de que o fluxo de ar da lareira está aberto. É um conselho muito básico, mas mais de uma vez, quando se usa uma lareira pela primeira vez, ele está fechado e não sabemos disso.

TAMBIÉN TE PUEDE INTERESAR:
Design, dimensões e proporções das chaminés

Comece usando combustível que queima facilmente. Em uma lareira de lenha, pode-se usar madeira macia, como lascas ou agulhas de pinheiro. Pinhas secas também funcionam muito bem. O gel de acendimento é outra opção, além de ser uma solução muito limpa.

primeira vez usando uma lareira,primeira vez,Dicas para a primeira vez que você usa uma lareira
Faça uma pirâmide com o combustível, pela qual o ar passe através, e acenda a base. Quando vir que a chama é importante, adicione gradualmente a lenha.

3 – Tipos de lenha e combustíveis para a primeira vez que você usa uma lareira

Ao utilizar uma lareira pela primeira vez, é fundamental escolher o tipo adequado de lenha e combustíveis para garantir uma combustão eficiente e segura. A escolha do material adequado não apenas garante um calor agradável, mas também pode reduzir a acumulação de creosoto e fuligem, diminuindo o risco de incêndios na lareira. Abaixo estão os principais tipos de lenha e combustíveis que você deve considerar. Para isso, recomendamos que você leia se quiser mais informações sobre qual é a melhor lenha para lareira.

Lenha seca e curada

A lenha seca e curada é a opção mais recomendada para as lareiras. Este tipo de lenha foi seco ao ar durante pelo menos seis meses e contém baixo teor de umidade. A lenha seca queima de maneira eficiente e produz menos fuligem e creosoto em comparação com a lenha úmida ou verde.

Madeiras duras

As madeiras duras, como carvalho, bordo e freixo, são densas e pesadas, o que significa que têm alto teor energético e queimam por mais tempo do que as madeiras macias. São ideais para lareiras, pois geram calor mais constante.

Madeiras macias

As madeiras macias, como pinheiro e abeto, queimam mais rapidamente do que as madeiras duras e podem ser úteis para iniciar um fogo. No entanto, não são ideais para manter um fogo prolongado na lareira, pois tendem a produzir mais fuligem e creosoto, aumentando o risco de incêndios na lareira.

TAMBIÉN TE PUEDE INTERESAR:
Qual é melhor, lareira aberta ou fechada?

Briquetes de madeira e pellets

As briquetas de madeira e os pellets são opções de combustível compactas e densas que podem ser uma alternativa à lenha tradicional. Estes produtos são frequentemente fabricados a partir de serragem e lascas de madeira comprimidas, o que lhes confere alta eficiência energética e menor conteúdo de umidade. No entanto, é importante garantir que a lareira seja projetada para o uso de briquetas e pellets antes de utilizá-los.

Combustíveis ecológicos

Os combustíveis ecológicos, como toras de papel reciclado e toras feitas de cascas de nozes e outros resíduos agrícolas, também podem ser usados em lareiras. Estes combustíveis têm a vantagem de serem mais respeitosos com o meio ambiente ao reutilizar materiais que de outra forma seriam resíduos.

Quarto conselho: cuidado com o excesso de calor

Um dos erros mais comuns ao acender uma lareira pela primeira vez é acender o fogo em excesso, pensando que assim se consegue uma temperatura ótima antes. No entanto, isso só pode colocar em perigo a integridade de quem acende o fogo, além de causar danos à tubulação de saída, o que afetaria posteriormente a combustão da lareira.

Sem falar que, se não se tratar de uma lareira de obra fabricada com tijolo refratário, como no caso dos fogões esmaltados, os materiais com que são fabricados podem se deteriorar e rachar. Até mesmo pode ocorrer um incêndio por convecção, ao superaquecer algum material próximo à lareira.

Portanto, certifique-se de que não há calor excessivo ao acender ou manter o fogo. Assim, você pode desfrutar de uma sensação confortável e agradável, além da satisfação de ter acendido o primeiro fogo da sua lareira. O resto das vezes é muito mais simples.

E último conselho: precauções e recomendações ao usar uma lareira pela primeira vez

Ao usar uma lareira pela primeira vez, é essencial levar em conta certas precauções e recomendações para garantir a segurança e o funcionamento adequado da lareira. Aqui estão algumas considerações importantes que você deve ter em mente:

  1. Inspecção e limpeza: Antes de ligar a lareira pela primeira vez, certifique-se de que foi inspecionada e limpa. Isso garantirá que a estrutura e os componentes da lareira estejam em boas condições e que não haja obstruções ou resíduos perigosos.
  2. Ventilação adequada: Certifique-se de que a chaminé esteja completamente aberta antes de acender o fogo. Isso permitirá que a fumaça e os gases sejam ventilados adequadamente, evitando que se acumulem no interior da sua casa.
  3. Ligar com segurança: Ao acender o fogo, utilize acendedores de fogo apropriados, como lascas de madeira ou jornais amassados, em vez de líquidos inflamáveis como gasolina ou álcool.
  4. Uso de acessórios: Utilize acessórios adequados, como tenazes, atiçador e pá, para manipular e manter o fogo de maneira segura. Além disso, uma porta para lareira evitará que as fagulhas e brasas saiam da chaminé e caiam no chão ou nos móveis próximos.
  5. Não sobrecarregar a lareira: Evite colocar uma quantidade excessiva de combustível na lareira, pois isso pode causar um incêndio incontrolável e aumentar o risco de incêndio.
  6. Monitorização constante: Nunca deixe um fogo na lareira sem supervisão, principalmente se for a primeira vez que o faz. Certifique-se de que sempre haja alguém presente para vigiar o fogo e apagá-lo se necessário.
  7. Instalação de detectores de fumaça e monóxido de carbono: Isso é algo que muito poucas pessoas fazem e deveriam fazer com mais frequência. Certifique-se de ter detectores de fumaça e monóxido de carbono instalados e funcionando corretamente em sua casa.
  8. Apagar corretamente o fogo: Quando terminar de utilizar a lareira, certifique-se de apagar completamente o fogo. Isso pode implicar em esperar até que os últimos pedaços de combustível sejam consumidos e utilizar uma pá para dispersar as brasas e cinzas. Verifique se não há brasas acesas antes de fechar a chaminé.
TAMBIÉN TE PUEDE INTERESAR:
Dicas para manter nossa casa segura