O que é a combustão em uma lareira?

O que é a combustão em uma lareira?

Uma das razões pelas quais falamos sobre qual lenha você deve usar para a lareira é obter uma boa combustão. Com certeza você já ouviu falar desse fenômeno quando nos referimos ao fogo ou ao uso de combustíveis para nos aquecer, pois são coisas inseparáveis. Mas você sabe o que é a combustão em uma lareira? Neste artigo, vamos nos concentrar em falar sobre isso para explicar de forma fácil de entender.

O conceito básico de combustão

Uma combustão é um processo químico no qual o oxigênio está sempre presente. Quando um combustível como a lenha ou o gás é submetido à ação do fogo, o oxigênio garante a ocorrência de vários fenômenos, entre os quais se destaca o calor e uma ação contínua do fogo que acabou de ser aceso. Se o suprimento de oxigênio ou o combustível for interrompido, o processo se encerra e não há mais fogo ou calor.

Basicamente, isso é o que acontece quando se acende uma lareira. Uma entrada de ar, ou várias dependendo do modelo, faz com que o fogo tenha oxigênio suficiente para se manter, desde que haja combustível para alimentá-lo.

TAMBIÉN TE PUEDE INTERESAR:
Dicas para a primeira vez que você usa uma lareira

Tecnicamente, o que é a combustão em lareiras e fogões?

A combustão em lareiras e fogões é um processo químico exotérmico no qual um combustível se combina com um oxidante, geralmente oxigênio atmosférico, para liberar energia na forma de calor e luz. Esse processo ocorre em dispositivos de aquecimento como lareiras e fogões para fornecer calor a espaços internos.

A reação química da combustão pode ser descrita pela seguinte equação geral:

Combustível + Oxidante → Produtos de combustão + Energia (calor e luz)

No caso da combustão da madeira, que é um combustível comum em lareiras e fogões, a reação química envolve a combinação de celulose, hemicelulose e lignina (os principais componentes da madeira) com oxigênio atmosférico. A reação produz dióxido de carbono (CO2), vapor de água (H2O), energia na forma de calor e frequentemente produtos de combustão incompleta, como monóxido de carbono (CO), partículas e compostos orgânicos voláteis (COV).

Fogões e lareiras podem funcionar com diferentes combustíveis, como carvão, gás natural ou pellets. A combustão desses combustíveis também envolve a liberação de energia e produtos de combustão semelhantes à combustão da madeira.

Em termos técnicos, o desempenho de uma lareira ou fogão refere-se à eficiência com que o dispositivo converte a energia contida no combustível em calor útil. Isso pode ser afetado por vários fatores, como a qualidade do combustível, o design e a tecnologia da lareira ou fogão e a manutenção do dispositivo.

TAMBIÉN TE PUEDE INTERESAR:
Qual lenha devo usar para a lareira?

Lareiras e fogões modernos geralmente incorporam tecnologias mais avançadas, como sistemas de dupla combustão, para melhorar a eficiência energética e reduzir as emissões de gases de efeito estufa e poluentes atmosféricos. Esses dispositivos são projetados para melhorar a combustão e a transferência de calor para o ambiente, resultando em um aquecimento mais eficiente e sustentável em comparação com lareiras e fogões mais antigos.

Processos de combustão múltipla

Do que estamos falando quando nos referimos a um sistema de combustão tripla ou similar? Na realidade, esse tipo de combustão é um processo mais intenso do que o normal, que precisa de vários elementos para ocorrer.

chaminé de combustão

Quando se fala de uma lareira de dupla combustão, ou de uma combustão múltipla, estamos nos referindo a um sistema que possui uma entrada de ar principal e outras secundárias. No caso da dupla combustão, o oxigênio entra por outra zona e não só faz com que o fogo queime melhor, mas também que os gases não consumidos pelo primeiro processo sejam queimados por esse novo sopro de ar. Quando há uma terceira entrada, ela é semelhante à anterior e alimenta a chama para que, se ainda houver gases não queimados, sejam consumidos.

Quais estufas possuem combustão?

Quando falamos de modelos de combustão, estamos nos referindo a todas as estufas e lareiras que possuem um combustível para gerar calor, independentemente de terem ou não uma chama visível. Os únicos modelos de estufa que não possuem combustão são os elétricos, que aquecem por radiação, um processo bastante diferente.

TAMBIÉN TE PUEDE INTERESAR:
Como funciona a dupla combustão em uma lareira

chaminé de combustão

Como melhorar a combustão de uma lareira

Levando em consideração que esse processo químico é o que garante que nosso lar esteja nas melhores condições, é conveniente fazer o possível para torná-lo eficiente. Existem vários truques para acender uma lareira dos quais já falamos em outras ocasiões, como escolher uma lenha adequada ou manter a saída de ar e as entradas de ar em boas condições para controlar o fogo. Tudo isso é muito importante, já que a combustão deve ser a melhor possível. Caso contrário, pode ocorrer uma combustão incompleta, colocando em perigo a segurança das pessoas na casa naquele momento, seja por intoxicação ou pelo risco de acumulação de gases se tornar uma tragédia, como a doce morto.