Diferenças entre fogões a gás e elétricos

Diferenças entre fogões a gás e elétricos

O que é melhor, ter um fogão a gás ou elétrico? Na realidade, não é que um seja melhor que o outro. Eles são simplesmente diferentes e têm suas particularidades. Por isso, neste artigo, queremos comparar ambos os sistemas de aquecimento e ver suas diferenças, com suas vantagens e desvantagens. A escolha entre um e outro fica por conta da sua preferência.

Os fogões a gás produzem vapor, o que pode condensar a água nas paredes, teto e até nos vidros. Os fogões elétricos não emitem esse vapor, mas geram calor seco sem combustão. Se as paredes apresentam umidade, não é devido ao sistema de aquecimento.

A combustão do gás gera dióxido de carbono, por isso é necessário uma boa ventilação no ambiente para evitar o acúmulo desse gás venenoso. Uma quantidade excessiva de dióxido de carbono pode causar asfixia. Os fogões elétricos também não emitem gás, então podem ser usados em ambientes fechados que não tenham uma boa ventilação.

Como são os fogões elétricos e suas diferenças em relação aos a gás

Os fogões elétricos geralmente são mais baratos que os a gás. No entanto, o consumo de energia é maior, então a longo prazo podem ser mais caros do que um fogão a gás.

TAMBIÉN TE PUEDE INTERESAR:
Como instalar um fogão a lenha corretamente e de forma segura?

Também requerem medidas de segurança para prevenir incêndios em casa. Um fogão elétrico de 1000 watts consome energia equivalente a 18 lâmpadas incandescentes de 60 watts acesas ao mesmo tempo.

Diferenças entre fogões a gás e elétricos

As estufas elétricas começam a aquecer imediatamente, assim como as de gás. Mas as primeiras precisam de mais tempo para que o calor seja sentido além do fogão, enquanto as de gás geram calor desde o momento em que são ligadas.

As estufas a gás podem funcionar de forma autônoma, de modo que podem ser levadas para lugares onde não há eletricidade. Por outro lado, as estufas elétricas precisam estar próximas a uma tomada de energia para funcionar, caso contrário, não servem.

Sistema de aquecimento de estufas elétricas e a gás

Outra diferença notável está relacionada à forma como cada uma das estufas emite calor. As estufas elétricas o fazem por radiação, ou seja, o calor se espalha à medida que o ar ao redor da estufa é aquecido. As estufas a gás emitem fogo direto, o que também aquece o ar, porém mais rapidamente do que as elétricas.

Em qualquer caso, é recomendado não se aproximar muito para evitar queimaduras, embora haja maior probabilidade de algo pegar fogo com as estufas a gás se estiverem muito próximas.

Diferenças entre fogões a gás e elétricos

As estufas que funcionam com eletricidade, por não terem uma chama, não correm o risco de se apagar devido a uma corrente de ar. Já as de gás podem enfrentar esse problema, além do fato de o gás continuar vazando, o que pode intoxicar as pessoas dentro do ambiente. Portanto, é importante nunca deixar uma estufa a gás sem supervisão e garantir que a chama esteja uniforme.

TAMBIÉN TE PUEDE INTERESAR:
Fogões a gás ou catalíticos, qual é o melhor?

Estufas elétricas e a gás, qual é a melhor?

Agora que vimos as diferenças entre ambos os sistemas, tanto positivas quanto negativas, é hora de decidir por uma estufa. Com qual você fica? Qual você acha que é a melhor estufa, a gás ou a elétrica? A verdade é que, dependendo das suas circunstâncias e do uso que você dará a uma ou outra estufa, uma pode ser mais adequada às suas necessidades.