O que são e como são as lareiras ecológicas?

O que são e como são as lareiras ecológicas?

As lareiras ecológicas, também conhecidas como lareiras verdes ou sustentáveis, são dispositivos de aquecimento que minimizam o impacto ambiental ao emitir menos poluentes e otimizar o uso de energia. Essas lareiras utilizam fontes de energia renovável ou tecnologias que reduzem as emissões de gases nocivos, como monóxido de carbono (CO) e dióxido de carbono (CO2).

Além disso, oferecem eficiência energética superior às lareiras convencionais, resultando em menor consumo de recursos e economia a longo prazo.

Se você atualmente tem uma lareira tradicional a lenha e deseja melhorar seu consumo, segurança e desempenho, além de torná-la mais ecológica, recomendamos nossas portas para lareiras personalizadas. Caso você queira instalar uma nova lareira ecológica, continue lendo nosso artigo.

Tipos de lareiras ecológicas: bioetanol, elétricas, solares, geotérmicas e a pellets

Existem diversos tipos de lareiras ecológicas que se diferenciam pela fonte de energia utilizada e pela tecnologia empregada:

  • Lareiras a bioetanol: essas lareiras utilizam bioetanol, um combustível líquido produzido a partir de biomassa ou resíduos orgânicos. A queima do bioetanol gera chamas que não emitem fumaça ou fuligem, portanto, não necessitam de um duto de exaustão.
  • Lareiras elétricas: utilizam eletricidade para gerar calor, geralmente por meio de resistências elétricas. Por não utilizar combustíveis fósseis, não emitem gases poluentes e podem ser mais eficientes do que as lareiras tradicionais. É importante prestar atenção no consumo dessas lareiras para evitar surpresas futuras.
  • Lareiras solares: aproveitam a energia solar para aquecer o ar ou a água, por meio de coletores solares térmicos. Essas lareiras são ideais para áreas com alta exposição solar e contribuem para reduzir a dependência de combustíveis fósseis.
  • Lareiras geotérmicas: extraem calor do subsolo por meio de sistemas de troca de calor. Requerem um investimento inicial considerável, mas oferecem um alto rendimento energético e baixa manutenção.
  • Lareiras a pellets: utilizam pellets, pequenos cilindros de biomassa comprimida, como combustível. A queima de pellets é mais limpa do que a lenha e permite um maior controle sobre a emissão de poluentes.
TAMBIÉN TE PUEDE INTERESAR:
Qual é melhor, lareira aberta ou fechada?

Benefícios ambientais dessas lareiras

As lareiras ecológicas contribuem para a proteção do meio ambiente ao reduzir a emissão de gases poluentes e utilizar a energia de forma mais eficiente. Ao utilizar combustíveis menos poluentes, como o bioetanol ou pellets, ou fontes de energia renovável, como a solar ou geotérmica, há uma diminuição na liberação de CO, CO2 e partículas finas. Além disso, as tecnologias utilizadas nessas lareiras permitem um melhor aproveitamento do calor gerado, resultando em uma menor demanda de recursos e menor impacto ambiental.

Diferença entre lareiras ecológicas e tradicionais

Lareiras ecológicas não precisam de instalação

O principal fator que chama a atenção é que essas lareiras não precisam de construção. Elas podem ser instaladas em qualquer lugar de forma simples. Não necessitam de uma chaminé e não produzem odor. Em vez de fumaça, o combustível ao queimar produz vapor de água. Quanto ao dióxido de carbono emitido, calcula-se que uma lareira de bioetanol comum produza a mesma quantidade que algumas velas, portanto, também é totalmente segura nesse aspecto.

Portanto, as lareiras ecológicas não requerem uma instalação específica. Na verdade, alguns modelos estão prontos para serem colocados no chão ou pendurados na parede. Elas também podem ser integradas em móveis de forma simples e rápida, desde que se tenha cuidado para que o fogo não represente perigo.

TAMBIÉN TE PUEDE INTERESAR:
Introdução à criação de uma lareira rústica modernizada

Alguns modelos de lareiras são até portáteis, de modo que podem ser transportados de um cômodo para outro conforme a necessidade. Além disso, eles não são muito pesados, então não é um problema.

Não usam lenha, portanto não sujam

Embora a lenha de uma lareira bem isolada não seja um problema significativo, as lareiras ecológicas vão além. Ao utilizar biocombustível, além de não emitirem fumaça, são lareiras que não geram cinzas nem resíduos de nenhum tipo. Em uma lareira convencional, antes de carregar a lenha, é necessário limpar os resíduos que ficaram, mas com as lareiras a bioetanol, a única coisa que você precisa considerar é onde está o reservatório para abastecer o combustível.

lareiras ecológicas

Maior potência de calor

O fato de não terem saída de fumaça traz uma vantagem adicional. O calor não escapa por nenhum lugar, o que torna essa lareira uma das opções mais eficientes atualmente. Dependendo do modelo, o consumo de uma lareira ecológica em relação à sua potência de calor pode ser a metade do consumo de uma lareira a lenha, gerando o dobro de calor.

São muito mais caras do que as lareiras convencionais

Antes de decidir comprar uma lareira ecológica, você deve saber que o preço delas é consideravelmente mais alto do que o de uma lareira a lenha ou elétrica. Além disso, a lenha é muito mais barata do que o bioetanol, que custa mais do que o petróleo e pode não estar ao alcance do seu bolso. Sem mencionar que, hoje em dia, para obtê-lo, são necessários combustíveis fósseis, o que faz com que haja dúvidas se são realmente uma solução tão ecológica. Cabe a você avaliar os prós e os contras para ver se é a opção que lhe interessa.

TAMBIÉN TE PUEDE INTERESAR:
As assustabruxas nas chaminés de Aragão

Como escolher a lareira ecológica adequada: fatores a serem considerados e recomendações

Para escolher a lareira ecológica mais adequada, é importante considerar diversos fatores, como localização geográfica, clima, espaço disponível, necessidades de aquecimento e orçamento. Algumas recomendações para tomar uma decisão informada são:

  • Avaliar a exposição solar e a disponibilidade de recursos geotérmicos na área para determinar a viabilidade de chaminés solares ou geotérmicas.
  • Analisar o espaço disponível e as condições de ventilação para garantir uma instalação adequada e segura da chaminé.
  • Investigar os diferentes tipos de chaminés ecológicas e suas características para escolher aquela que melhor se adapte às necessidades de aquecimento e ao estilo de vida.
  • Consultar profissionais especializados na instalação de chaminés ecológicas para obter orientação técnica e recomendações personalizadas.
  • Considerar o preço inicial da instalação, a manutenção e o custo do combustível ou energia utilizado ao avaliar o orçamento e a rentabilidade a longo prazo.

Marcas de chaminés ecológicas

Antes de adquirir uma chaminé ecológica, é conveniente fazer uma comparação de preços e marcas para encontrar a melhor opção com base na qualidade, desempenho e orçamento. Algumas marcas reconhecidas no mercado de chaminés ecológicas incluem EcoSmart Fire, Planika, Hergom e Dimplex. Para fazer uma comparação adequada, é fundamental levar em consideração o seguinte:

  • As características técnicas de cada chaminé, como capacidade de aquecimento, eficiência energética e especificações de instalação.
  • Os materiais e a qualidade de construção, que podem influenciar na durabilidade e na manutenção da chaminé.
  • A estética e o design, pois devem harmonizar com a decoração e o estilo da casa.
  • As opiniões e experiências de outros usuários, que podem fornecer informações valiosas sobre o desempenho e a qualidade do produto.
  • O serviço de atendimento ao cliente e as garantias oferecidas pelo fabricante, que podem ser indicadores da qualidade e do suporte pós-venda.